Skip to main content

Entre a crise e a recuperação, PT procura seu rumo

Os que acreditaram que o PT acabaria depois dos eventos de 2016 erraram feio, e o fizeram por não entender a lógica dos partidos de massa. O PT nunca esteve perto de morrer, simplesmente porque tem milhares de simpatizantes, muitos recursos de poder, bom acesso às mídias sociais e uma intelectualidade que continua a sustentar o partido. É uma máquina, que se tornou rica com o passar dos anos e não desidratará de repente.

Leia Mais

Baixo nível e desqualificação do debate público

ENTREVISTA. As redes sociais são câmaras de eco que incrementam tudo o que se fala. O barulho de um alfinete se compara a um trovão. O baixo nível do debate também reflete a desqualificação dos partidos. Os partidos perderam a capacidade de orientar seus militantes. Não há orientação clara a respeito do que deve ser feito, especialmente quando se tenta pensar a política como um exercício que não é dedicado a destruir o adversário. Mas a política também tem uma face nobre. Os partidos deveriam ser canais de agregação de lideranças e intelectuais que pudessem funcionar como educadores cívicos. Mas não atuam assim.

Leia Mais