Política nacional

Política

Um partido para chamar de seu

A crise do PSL tem a ver com poder, mas passa especialmente pelo controle das finanças, algo vital quando se considera o calendário eleitoral do próximo ano

Leia mais »
Política

Atos e venenos

Palavras influenciam, organizam, são recursos de hegemonia. Podem educar, iludir, inflamar, envenenar. Precisam ser decodificadas. Sem isso, a contestação não se converte em oposição.

Leia mais »
Política

O nome disso é fascismo

A ideia de uma “militância organizada” do bolsonarismo não deve progredir. Mas o fato de ter sido proposta é de assustar. Dado o estágio cultural em que estão estacionados os seguidores mais fervorosos de Bolsonaro, dá bem para imaginar o que seria ela.

Leia mais »
Política

Por que Moro não sai

Como Bolsonaro abandonou de vez a retórica contra a corrupção e é conivente com crimes no afã de proteger a família, é de se perguntar o que ainda faz Moro no ministério.

Leia mais »
Política

Defender a cultura, sempre

A arte e a vida de Virginia Artigas revelam-nos o poder da política e da empatia afetiva na atividade artística. É um grito de alerta contra o obscurantismo que domina o governo e deseja enquadrar os intelectuais pelo que fazem em defesa da cultura.

Leia mais »
Política

A hostilidade como procedimento

O governo Bolsonaro precisa criar inimigos para a eles atribuir as dificuldades de gestão e, ao mesmo tempo, para agregar sua base mais fanatizada. Mantém-se em atividade frenética mas pouco produtiva. Corrói a República, esvaziando os mecanismos que a dignificam, a começar da atividade política.

Leia mais »